Painel fotovoltaico reduz custos e impactos ambientais

A utilização de fontes renováveis de geração de energia em grandes empreendimentos tem figurado como alternativa para reduzir altos custos e diminuir os intensos impactos ambientais causados pela produção tradicional de eletricidade, por meio das distribuidoras.

Entre as fontes alternativas disponíveis, estão as seguintes: hídrica, eólica, da biomassa, solar, geotérmica e oceânica.

Sabe-se que o sol é a maior fonte de energia limpa disponível para o ser humano, com a produção de luz e de calor. Para a geração de energia a partir deles, é possível fazer uso de duas tecnologias diferentes: heliotérmica e fotovoltaica.

Por causa das dimensões reduzidas e da facilidade de instalação, o painel fotovoltaico, que reduz diversos impactos, é a estrela do momento, em crescimento no mercado. Ele trabalha com a transformação de radiação solar diretamente em energia elétrica, mesmo em dias nublados ou chuvosos.

Existem algumas formas de geração de energia solar fotovoltaica: conectada à rede (on-grid), isolada ou autônoma (off-grid) e híbrida. Neste artigo, vamos tratar somente da primeira, que trabalha com a inserção de energia diretamente na rede elétrica.

Como funciona?

Uma microusina é instalada no empreendimento, onde um painel reage com a luz solar e produz energia elétrica para ser utilizada nas áreas comuns de um condomínio, por exemplo.

Ele é conectado ao inversor solar, que vai converter corrente contínua (produzida pelas placas) em alternada (utilizada no prédio). Essa energia vai para o medidor do empreendimento e é distribuída às áreas comuns.

Após a instalação desse sistema, um relógio de luz “bidirecional” é utilizado para medir a entrada e a saída de energia.

Assim, ocorre a aferição da energia da rua que é consumida quando não tem sol e a energia solar gerada em excesso, quando há uma produção maior do que o consumo.

Tudo o que “sobra”, ou seja, o que foi gerado além do consumido, é injetado na rede da distribuidora e transformado em crédito de energia para ser utilizado no local. Ou seja, o painel fotovoltaico reduz os impactos ambientais normalmente causados pelo uso exagerado de energia elétrica.

Quais são as vantagens?

Entre as inúmeras características vantajosas da energia solar, existem algumas principais:

  • Energia não poluente;
  • Alternativa ao petróleo;
  • Silenciosa;
  • Necessidade mínima de manutenção;
  • Fácil de instalar;
  • Custo baixo de manutenção;
  • Vida útil de mais de 30 anos, sendo o pagamento feito em 7 anos;
  • Economia de até 90% da conta de luz;
  • Valoriza o imóvel em que é utilizada;
  • Pode ser usada em áreas isoladas da rede elétrica.

Assim como toda fonte de energia, existem algumas desvantagens, como o alto custo de aquisição, a falta de incentivos fiscais no Brasil e a limitação da capacidade de armazenamento.

No entanto, percebe-se um saldo positivo ao final, devido à quantidade de benefícios, principalmente em relação aos impactos ambientais e ao custo mensal. 

Quer saber mais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2021 Blog Mazzini