Jardim vertical: saiba como ter plantas em apartamentos

Para quem tem ou gostaria de ter plantas em casa, encontrar a melhor alternativa e montar a melhor estrutura para receber o jardim vertical é, muitas vezes, um obstáculo à realização desse desejo. Existem diversos fatores que influenciam no ambiente perfeito, mas ventilação e iluminação natural são os protagonistas.

“A análise do ambiente deve ser feita por um profissional da área, que vai dizer se é viável ter esse jardim. Por exemplo, se for numa sala comercial com ar-condicionado o tempo todo, isso é um obstáculo. Banheiro também tem pouca iluminação, então não é recomendado colocar essas plantas”, destacou o paisagista Ivan Aguiar.

Benefícios

Um jardim vertical dentro de casa é a porta de entrada para inúmeros benefícios, inclusive para a saúde dos moradores.

“Ele reduz a poluição do ambiente, porque as plantas têm esse poder de filtrar o ar. No ambiente interno, a gente pode ter até 10 vezes mais polução que nos externos, porque os compostos orgânicos voláteis estão em vários objetos e móveis dentro do apartamento”, explicou Aguiar.

Além disso, as plantas também podem servir como um isolante termoacústico e, assim, reduz tanto calor quanto ruído.  

Manutenção

Para preservar as plantas da melhor forma possível, é importante a realização de manutenção periódica. “É bom que se faça com empresa profissional. Tem pessoas que entendem, gostam e seguem as orientações passadas, então, conseguem fazer por conta própria também”, disse o paisagista.

Adubação, poda, limpeza de folhas, controle de pragas e uma eventual troca de plantas que vierem a morrer são as etapas previstas na manutenção.

“O ideal é que tenha manutenção preventiva mensal, mas tem alguns casos que, se avaliar, podem ter um intervalo maior”, explicou Ivan.

De acordo com o paisagista, é muito comum, atualmente, o arquiteto projetar o apartamento com as condições de ventilação e iluminação para possibilitar um jardim de inverno dentro da casa. “Isso se chama biofilia e tem facilitado muito a presença de plantas nos imóveis”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *